Blog Esportivo

 

 

INTRODUÇÃO: BLOG ESPORTIVO

 

Olá amigos e ouvintes da rádio! Esse é o espaço dos leitores esportistas da Estação Zero!

Confiram a opinião dos nossos colunistas: Leandro Arévalo (Colorado Apaixonado), Vladi Perroni (Máquina Tricolor) e Nicolas Sanchez (Mundo do Esporte). O desempenho da dupla Grenal sob a ótica de torcedores fervorosos e as notícias dos esportes em geral, sempre com duas edições por semana!

 

 

MÁQUINA TRICOLOR – por Vladi Perroni

 

Chegando na área!

 

Novamente perdemos no Brasileirão, desta vez pro Sport de Recife, em Pernambuco! Três jogos... três derrotas!

 

Começando a peleia!

 

E mais uma vez tivemos um jogo sofrível da equipe gremista, principalmente no primeiro tempo. Um time sem criatividade, sem ambição e sem organização em campo! E o castigo chegou aos 34min com gol de falta convertido pelo jogador Sander, sendo favorecido pelo goleiro Paulo Victor que foi muito mal na bola e bateu roupa. Pra mim foi frango!

 

O segundo tempo teve uma leve melhora no ímpeto gremista, mas mesmo com as substituições promovidas pelo Thiago Nunes, incluindo a estreia de Douglas Costa, e uma posse de bola de 67%, o Grêmio não conseguiu converter em gols para virar o jogo, ou pelo menos empatar! Final de jogo, 1x0 pro Sport, que conquistou a sua primeira vitória no campeonato.

 

Zerando a conversa!

 

A tão esperada reestreia de Douglas Costa não foi bem aquilo que a nação tricolor esperava. O jogador até que até se movimentou bem, articulou algumas jogadas e deu um ritmo diferenciado ao time. Mas uma andorinha só não faz revoada! O resto do time foi muito mal, incluindo Ferreirinha, que esbarrava na marcação do time nordestino. E o guri me pede um milhão pra renovar contrato? Se continuar com a bolinha que está jogando no momento, não merece nem os 500 mil que o Grêmio ofereceu! Somando as escalações mal feitas pelo nosso treinador e as contratações não feitas pela diretoria gremista, o resultado desses erros reflete diretamente na tabela de classificação do Brasileirão: 20º lugar = lanterninha! O único clube com zero ponto! Perder pra Ceará, Sport e Athlético (na Arena) é inadmissível! O que está acontecendo com o tricolor gaúcho? Ou se toma uma atitude emergencial ou não teremos a menor chance na sequência da Sul-Americana e também da Copa do Brasil!

 

Saudações tricolores!

 

Próximo jogo do tricolor: 24/06 (quinta-feira) – 21h30, contra o Santos na Arena do Grêmio pelo Brasileirão 2021.

 

 

COLORADO APAIXONADO – por Leandro Arévalo

 

Derrota para o Galo

O Inter, conduzido por Osmar Loss, enfrentou a equipe do Atlético/MG em casa e perdeu por 1x0. A má fase continua, e os times que se credenciam a fazer uma boa campanha no brasileirão fazem o que devem fazer: se aproveitar.

O time colorado tomou o gol precocemente no jogo. Nathan, o pescador da comemoração. O Inter passa a exercer domínio do jogo apenas na metade do primeiro tempo, mas na base do esforço, sem a devida organização que um time competitivo demanda. Muitas bolas alçadas na área do time adversário, sem produzir uma defesa sequer do goleiro Everson. A melhor chance foi desperdiçada por Edenilson, que chutou para fora depois de uma bola escorada por Tiago Galhardo.

A segunda etapa foi marcada pela vontade do time da casa, na base do abafamento. Foram apenas duas chances claras de gol. Uma com o Galhardo que chega a driblar o goleiro, mas Guilherme Arana toma sua frente após o drible e outra com Maurício que dá o carrinho na bola após cruzamento rasteiro, mas ela sobe demais.

O time perde duas peças por lesão: Taison (provavelmente muscular) e o zagueiro Victor Cuesta (uma pancada na altura da costela). São jogadores que certamente têm suas ausências lamentadas pela qualidade técnica que possuem. Após a saída de Taison, o Inter insiste muito com jogadas pelo lado esquerdo, acionando muito o jogador Patrick, que tenta, luta, se esforça, mas o placar da derrota se confirma. Outro aspecto gritante, o Inter ficou sem jogadores que são zagueiros de origem (Zé Gabriel e Dourado na defesa). Um único aspecto precisamos concordar que foi positivo... O Inter mostrou intensidade nas suas jogadas e conseguiu trabalhar a bola com um pouco mais de velocidade do que se fazia em tempos de MAR.

O cenário que se desenha é de uma temporada discreta do Inter. Arrisco dizer que ano que vem nem na Libertadores estaremos! Explico:

·       O Inter busca se livrar de jogadores com potencial técnico e financeiro, que não recebem altos salários (Praxedes, Léo Borges, Peglow, Guilherme Pato);

·        O Inter é lento em trazer peças de reposição com qualidade (falta zagueiro principalmente, falta lateral esquerdo mais do que nunca e falta atacante de lado);

·        O Inter não tem boas opções para treinador no mercado atual. Na verdade eu até penso que tem, mas não é nenhum destes citados pela mídia.

De longe dá para ver que o trabalho não está sendo bem feito no Beira-Rio. Isso se reflete na queda do número de sócios. Com a pandemia já sabemos que está difícil manter adimplentes, com os maus resultados, com decisões equivocadas, eles se afastam com a razão de quem pensa que o dinheiro está sendo mal investido e se sente desrespeitado.

Que a vontade e o esforço, mesmo que desordenados, sejam suficientes para superarmos o Ceará neste domingo!

 

Até a próxima nação colorada!

 

Próximo jogo do colorado: 20/06 (domingo – 16h), contra o Ceará no Beira-Rio pelo Brasileirão 2021.